quinta-feira, dezembro 13, 2012

Jardim culpa Sócrates pelos problemas da Madeira




Esta foi a justificação avançada hoje pelo presidente do executivo regional, no discurso de encerramento do debate do Orçamento de 2013, que acusou o anterior primeiro-ministro, José Sócrates, de estar na origem de todas as dificuldades que a Madeira atravessa neste momento.

Eu sempre ouvi dizer que a cura começa com assumir que se tem um problema. E depois assumir as próprias responsabilidades. Mas, como vimos, aparentemente a culpa é sempre do outro. Atenção, Sócrates fui tudo menos um anjinho para a Madeira, e o agora filósofo fez de tudo para entalar o país - e conseguiu! Mas dizer que o homem é o "solo" responsável por uma dívida de sete mil milhões de euros constituída por uma ilha à beira-mar plantada, parece-me um bocado, digamos, forçado. A roçar a fantasia, diria até...


Enviar um comentário