quarta-feira, março 18, 2009

Papa África

 


O Papa Bento XVI anda em "peregrinação" por África. E não fez por menos. Hoje, em Yaoundé, nos Camarões, declarou que a distribuição de preservativos não é a resposta adequada para se ajudar a África a combater a sida, já que, "pelo contrário, isso só irá complicar a situação".


Que é conhecida a posição absolutamente retrógrada do Vaticano face ao preservativo - que em alternativa recomenda a abstinência sexual para se combater a propagação das infecções como o HIV - não é novidade alguma. Mas que vá para o continente mais infectado e activo do mundo pedir que não usem o preservativo e não façam sexo, é já ultrapassar os limites do absurdo!


Será que perderam toda a noção da realidade do mundo?

Enviar um comentário