quarta-feira, novembro 08, 2006

Mudanças nos Estados Unidos


Nas eleições intercalares de ontem, os democratas reconquistaram a maioria na Câmara dos Representantes, que já não detinham há doze anos, e estão a um lugar de garantir igual feito no Senado, quando falta eleger apenas um lugar.

Para quem não sabe, a Câmara dos Representantes é um dos órgãos que compõem o Congresso dos Estados Unidos da América, sendo o outro o Senado. Estas duas câmaras são tão importantes no sistema político norte-americano tanto que, segundo a Constituição norte-americana, é necessário o selo de aprovação de ambas as Câmaras do Congresso para a passagem de nova legislação.

George W. Bush já se manifestou e admitiu estar desapontado com os resultados eleitorais, mas garantiu que, enquanto líder do Partido Republicano, partilha boa parte das responsabilidades pela derrota.

A verdade é que, esta vitória do partido democrata, vem sublinhar o que a opinião pública pensa do fiasco que tem sido a intervenção norte-americana no Iraque. Foi claramente um voto negativo à política externa dos EUA. Bush agora vê-se obrigado a trabalhar em conjunto com a oposição em áreas tão distintas como a educação ou a política de segurança nacional, correndo o risco de, não o fazendo, estagnar o país nos próximos dois anos.

Inevitavelmente, primeira cabeça já rolou. O homem responsável pela política de defesa estado-unidense, Donald Rumsfeld deixou o cargo de secretário da Defesa. Finalmente, começa a ruir a Administração Bush.
Enviar um comentário