terça-feira, outubro 17, 2006

O regresso dos inquisidores


O Presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, assinou hoje uma lei que autoriza o recurso a "métodos agressivos" nos interrogatórios a suspeitos de terrorismo e que permite o seu julgamento por tribunais militares. A nova lei concede ao Presidente o poder de interpretação das regras internacionais sobre o tratamento de prisioneiros, autoriza o julgamento de suspeitos de terrorismo em tribunais militares e não exige que qualquer deles seja defendido por um advogado.

Tudo com a desculpa já gasta do fatídico 11 de Setembro de 2001. Bush rejeita a ideia de que a nova lei vá permitir a tortura de suspeitos de actos de terrorismo, mas alguém ainda acredita nisso? Bye, bye "Convenção de Genebra"...

Enviar um comentário