quarta-feira, setembro 14, 2005

Ikuam Ekal tem fome

(Foto: Stephen Morrison/EPA)

Ikuam Ekal, de um ano, chora de fome no colo da avó, no distrito de Kalapata, no norte do Quénia. As agências da ONU lançaram ontem um apelo aos países mais ricos: são precisos 29 milhões de dólares para dar assistência a 1,2 milhões de quenianos que se debatem com falta de alimentos e água potável.
Enviar um comentário