sábado, março 30, 2013

Bitcoin - a nova moeda




O que acontece quando as pessoas começam a perder confiança nos bancos? E nas suas próprias moedas? A história tem vários exemplos, desde guardar o dinheiro nos colchões em casa ou enterrá-lo no quintal, mas creio que nenhum como este.

O bitcoin é a nova moeda virtual, cada vez mais em crescente uso. Lançadas em 2009 por Satoshi Nakamoto (pseudónimo do seu criador), o sistema assenta em redes peer-to-peer (em que os computadores estão ligados directamente uns aos outros, de forma descentralizada). O valor do dinheiro (ou seja, o preço por que pode ser comprado com divisas convencionais, como o euro e o dólar) é guardado em ficheiros que existem na própria rede, tal como acontece com os proprietários dos fundos e o historial de transacções. As emissões de moeda são feitas periodicamente, de forma automática e pré-programada, sem intervenção humana. As bitcoins podem ser compradas e vendidas em sites criados para o efeito, cujo funcionamento não difere muito dos sistemas de investimento nas bolsas. O utilizador coloca ordens de compra ou de venda, definindo o preço porque está disposto a vender ou comprar, e espera que o sistema execute a ordem.

A ideia de dinheiro virtual não é nova. Já são muitos os sistemas que utilizam a sua própria moeda ou formas de crédito, adquiridos com dinheiro real, e que depois utilizam para comprar bens ou serviços. Veja-se o exemplo dos variados jogos no Facebook, entre outros jogos online. Esta moeda tem sido muito usada em mercados online de drogas e armas, mas também há serviços legais que aceitam este tipo de pagamento. O reputado serviço de alojamento de blogues Wordpress é um deles. No mês passado, o site Reedit, popular sobretudo nos EUA e onde os utilizadores agregam e discutem conteúdos que encontram online, passou a aceitar bitcoins para as suas funcionalidades pagas. Nos Estados Unidos, pelo menos, há um ou outro café que aceitam bitcoins e, no Canadá, houve quem pusesse uma casa à venda por 405 mil dólares canadianos ou, em alternativa, 5750 bitcoins.

O valor de cada bitcoin ronda actualmente os 90 dólares ou 70 euros. Há um ano, cada uma valia pouco menos de cinco dólares. Mas para termos noção do que representa esta nova moeda, na quinta-feira passada, pela primeira vez, o valor do total de todas estas moedas virtuais em circulação ultrapassou os mil milhões de dólares.

Enviar um comentário