quarta-feira, fevereiro 13, 2013

Desemprego, o maior "empregador"





A Região Autónoma da Madeira encerrou o 4º trimestre de 2012 com uma taxa de desemprego estimada de 19,7%, representando um acréscimo de 6,2% em relação ao período homólogo de 2011 e mais 2,2% face ao trimestre anterior. De acordo com as Estatísticas de Emprego do INE, a Madeira é, a par do Algarve a região do país (NUTS II) com a taxa de desemprego mais elevada no último trimestre de 2012. A taxa de desemprego estimada para o país no 4º trimestre é de 16,9%.

Apurada a taxa de desemprego nos quatro trimestres de 2012, a taxa de desemprego média anual de 2012 atinge os 15,7%. Por regiões, o Algarve apresenta a taxa de desemprego média anual mais elevada (17,9%), seguido de Lisboa com 17,6% e Madeira com 17,5%.

Segundo o INE, a população desempregada em Portugal atingiu no 4º trimestre 923,2 mil pessoas, representando um aumento homólogo de 19,7% e trimestral de 6%.

Estes números são dramáticos. Quase 1 milhão de desempregados em Portugal e quase 25 mil desempregados na Madeira. E nada do que está a ser feito de momento consegue contrariar que a tendência para o aumento continue de forma absolutamente alarmante. O que resta a muitos? Abandonar o país...


Enviar um comentário