quarta-feira, setembro 01, 2010

Fidel pede desculpa a homossexuais

 
(clicar para aumentar)


Fidel Castro pediu desculpas publicamente aos homossexuais. O histórico dirigente cubano mostrou-se arrependido pelas condenações a trabalhos forçados que recaíram sobre centenas de homossexuais durante a revolução cubana.


Na entrevista concedida em exclusivo ao jornal mexicano 'La Jornada', Fidel Castro assume a culpa pela discriminação e marginalização de que foram alvos os homossexuais e lamentou não ter prestado "atenção suficiente" a uma perseguição que ocorreu em momentos de "grande injustiça" e de não ter corrigido essa situação.


É a primeira entrevista que Castro concede a um jornal estrangeiro desde Junho, quando reapareceu em público após uma ausência de quase quatro anos.

Enviar um comentário