segunda-feira, dezembro 15, 2008

Avó Rambo

 


A delicada avó Ava Estelle, de 81 anos, ficou tão chocada quando dois delinquentes estupraram a sua neta de 18 anos, que conseguiu localizar os desavindos e... os baleou nos testículos!


"A velha senhora passou uma semana caçando esses homens e quando os encontrou vingou-se desta forma inusitada", disse Evan Delp, investigador da polícia de Melbourne. Em seguida meteu-se num táxi, foi até à esquadra de polícia mais próxima, colocou a arma no balcão do oficial de plantão e lhe disse, com toda a calma: "Por Deus, esses bastardos não vão violar mais ninguém!"


Os polícias disseram que Davis Furth, de 33 anos, ex-condenado e violador, perdeu o pénis e os testículos quando a ultrajada Ava abriu fogo com sua pistola de 9 mm no quarto do hotel onde ele vivia junto com Stanley Thomas, de 29 anos, seu companheiro de cela no período em que haviam cumprido pena na cadeia. A polícia disse que a enrugada vingadora mandou para o outro mundo também os testículos de Thomas, mas o médico ainda conseguiu salvar seu pénis mutilado. "Thomas não perdeu sua masculinidade mas o médico com quem conversei disse que ele não poderá usa-lo com antigamente" , disse o investigador Delp aos repórteres. "Os dois homens ainda estão em más condições, mas acho que devem estar felizes por terem sobrevivido depois daquilo que passaram".


A avó "Rambo" entrou em acção a 21 de Agosto, após sua neta Debbie ter sido agarrada e violentada em plena luz do dia pelos dois bandidos armados de facas. "Quando vi a expressão no rosto da minha Debbie, naquela noite no hospital, decidi que sairia sozinha atrás daqueles bastardos porque imaginei que a lei seria branda com eles", relatou a bibliotecária aposentada. "E eu não estava com medo deles porque eu tinha um revolver e tinha atirado toda a vida. E não fui tonta de devolve-lo quando a lei mudou a respeito de possuir um." Assim, usando um esboço dos suspeitos e da descrição feita por Debbie, firme como uma rocha, Ava passou sete dias rondando a vizinhança onde o crime havia acontecido até ver os azarados violadores entrarem no hotel decadente em que moravam.


A idosa senhora relembra: "Eu sabia que eram eles no minuto em que os vi, mas ainda assim tirei uma foto deles e a levei à Debbie e ela disse, segura como o diabo, que eram eles. Assim voltei para o hotel, subi ao quarto deles e bati na porta. No instante em que o grandalhão abriu a porta eu atirei em linha recta entre as pernas dele, exactamente onde ele realmente ficaria mais ferido. Então entrei e atirei no outro quando ele recuou, suplicando-me que o poupasse. Depois fui até a esquadra de polícia e entreguei-me."


Agora, especialistas perplexos tentam imaginar exactamente o que fazer com a avó vigilante. "O que ela fez está errado e ela infringiu a lei, mas é difícil mandar uma velha senhora de 81 anos para a cadeia" - disse o investigador Delp - "Especialmente quando 3 milhões de pessoas na cidade a querem ver como presidente."


Recebi esta história por email mas não consegui confirmar a fonte da mesma, pelo que não tenho a certeza que a mesma seja verdadeira. No entanto é, de facto, muito interessante. É caso para o saudoso Pessa dizer... e esta hein?

Enviar um comentário