sábado, novembro 24, 2007

Simplesmente... MARIZA

MARIZA deu ontem um concerto no Madeira Tecnopolo que perdurará na minha memória uns bons anitos. Que já sabíamos do seu talento vocal, creio que era inquestionável. No entanto, o que mais me surpreendeu foi a sua atitude e o seu saber estar em palco. É de uma energia contagiante, de uma beleza, simpatia e interactividade notável. Já viram alguma fadista a dançar? Pois...

Mariza marca a diferença no mundo do fado. Depois de Amália é, sem dúvida, e por mérito próprio, o grande nome luso (e mundial) do panorama musical. Tal como Amália, Mariza transcende o (por vezes aborrecido) mundo do fado, transformando-o em algo de quase divino. Foge das amarras do tradicionalismo e dá liberdade à sua magnífica voz e interpreta os seus temas com alma, capaz de nos por a saltar na cadeira ou a puxar do lenço. Por outras palavras, um diva!

A feliz adição da Orquestra Clássica da Madeira, sob a batuta de Rui Massena, à "guitarrada" e percussão que normalmente a acompanham, contribuiu para marcar ainda mais a qualidade desta noite, já de si especial.

Fiz um pequeno vídeo do concerto para colocar aqui no blog. A qualidade visual não é a melhor, mas o som está lá. Para recordar.


Mariza ao vivo no Madeira Tecnopolo (23.11.2007)

Enviar um comentário