sexta-feira, outubro 13, 2006

"Apple Mecca", o novo insulto ao Islão

Recebi hoje uma notícia que me deixou francamente de queixo caído. A notícia foi publicada pelo jornalista Lester Haines, no "The Middle East Media Research Institute" e tomei a liberdade de traduzir o seu conteúdo.

Segundo o site, a nova loja da "Apple" na famosa 5ª Avenida de Nova Iorque, foi conotada por um site Islâmico como o "novo insulto ao Islão".

A razão? Bem, porque a loja da Apple assemelha-se com a sagrada Ka'Ba dos Muçulmanos, situada na mesqueita de Masjid al-Haram, em Mecca:


O tal site islâmico adianta que como a estrutura ofensiva é conhecida como a "Apple Mecca", e "contém bares que vendem bebidas alcoolicas", constituir portanto "um insulto gritante ao Islão". O site pede a todos os Muçulmanos para espalharem a palavra na esperança que estes "possam impedir a continuidade o projecto".

Um representante da Apple, que não se quis identificar, comentou que "infelizmente é tarde demais para tal, visto que a loja já está aberta desde Maio. No entanto temos boas notícias. Pelo que sabemos a loja não se chama "Apple Mecca", não serve bebidas alcoólicas, e nem Jack Straw, nem Salman Rushdie trabalham na loja".

Isto anda tudo doido... francamente!
Enviar um comentário