terça-feira, junho 06, 2006

A PETA


PETA - People for the Ethical Treatment of Animals, é a maior organização de protecção dos direitos animais do mundo. Fundada em 1980, a PETA tem-se dedicado ao fortalecimento e protecção dos direitos de todos os animais. A PETA opera sob um único propósito: os animais não são nossos para comer, vestir, experimentar ou para serem usados como entretenimento.

A PETA foca a sua acção em quatro áreas consideradas aquelas onde os animais sofrem mais intensamente por maiores períodos de tempo: nas quintas industriais, em laboratórios, no vestuário e na indústria de entretenimento. A PETA manifesta-se através da "educação pública", investigações intensas, pesquisa, salvamento de animais, legislação e, sobretudo, através de campanhas de protesto.

E aqui nasce o grande problema da PETA (e de outras organizações estrangeiras e nacionais que a imitem), onde esta organização comete um erro fundamental: o de justificar os fins com os meios. E, francamente, os fins não justificam os meios.

Embora a maior parte dos objectivos da PETA sejam louváveis, as formas de lutas que têm sido utilizadas é que o não. Se no seu arranque foram cruciais na divulgação do movimento pelos direitos dos animais, as suas campanhas cada vez mais sensacionalistas, irrazoáveis e até mesmo embaraçosas, são em última instância bem mais prejudiciais para os animais do que benéficas.

Ao recorrer constantemente a campanhas cujo intuito é ferir a sensibilidade do espectador, em particular naquelas em que utiliza pessoas nuas ou semi-nuas, a PETA transmite uma ideia distorcida do movimento pelos direitos dos animais, ridicularizando-o. Mais, ao insultar as pessoas que a PETA considera seus "inimigos", demonstra que não respeita ninguém que não lute pela sua causa. O que se retira é que, algures a meio do caminho, perderam a noção dos limites, daquilo que é razoável e daquilo que não é de todo razoável.

No entanto é inegável que a PETA, como maior organização de direitos dos animais a nível mundial, já fez muito pelos animais e pelos seus direitos. No entanto, todo este sensacionalismo e desrespeito exacerbado, também fez com que a PETA tenha afastado muitas pessoas honestas da sua nobre causa. E pior, tem feito com que a PETA seja olhada como uma organização desagrável e arruaceira - sendo que no final, ficam esquecidos os animais.
Enviar um comentário