quarta-feira, setembro 28, 2005

O candidato alegre...


O homem que nunca disse que era candidatado, mas que também nunca disse que não era candidato, afinal é... candidato. E contra a decisão do seu partido de base, que como sabemos, tem como figura de proa para as próximas presidenciais o octagenário Mario Soares.

O que representa esta candidatura? Uma tendência cada vez mais em voga. Trata-se de um facto incontestável de que há cada vez mais candidatos fora do círculo partidário de apoios (vide Isaltino Morais, Valentim Loureiro, Fátima Felgueiras - curiosamente todos arguidos em um qualquer processo judicial).

Ao menos este não tem contra si qualquer acusação pendente e é mais... novo!
Enviar um comentário