domingo, setembro 25, 2005

Na rota da heroína e da sida

(Foto: Michael Reynolds/EPA)

Uma mulher chinesa, da etnia Jingpo, vai com o seu filho visitar um familiar doente com o vírus da sida, contraído durante o tempo em que consumia heroína. A região chinesa de Burma serve de plataforma para o contrabando desta droga cujo consumo está a devastar a população local.
Enviar um comentário