domingo, agosto 21, 2011

Funchal Music Fest Live 2011 - Dia 2

O primeiro Funchal Music Fest - Live 2011 continuou em grande no segundo dia. Como era esperado foi maior o número de pessoas que se deslocaram ao Parque de Santa Catarina para ver um dos cartazes mais interessantes do evento: Rita Redshoes, The Legendary Tiger Man e os inevitáveis Xutos & Pontapés. É a música feita em Portugal no seu melhor.

Em contraste aos acordes mais fortes que viriam, por volta das 20h30 a música cativante e simpática de Rita Redshoes abriu as "hostilidades", que entre algumas baladas e as inevitáveis 'Captain of my Soul' e 'The Beginning Song', apresentou ao público madeirense o seu mais recente disco de originais intitulado 'Lights & Darks'. Pelos vistos agradou.

(Fotos: LMR)

Já o segundo momento da noite - e para mim o mais alto - deu-se sensivelmente uma hora depois, com o "alter ego" de Paulo Furtado, o The Legendary Tiger Man. Para além dos temas de 'Femina', com os quais abriu logo o concerto, a energia e o poder da sua guitarra levou o muito público presente ao rubro. Os 'riffs' deste incrível bluesman não deixaram ninguém indiferente e foram muitos a tirar os pés do chão. Nunca tinha visto o Tiger Man ao vivo (apenas nos Wraygunn) mas faz jus à fama que trazia: é um espectáculo assombroso!

(Fotos: LMR)

Por fim, os Xutos & Pontapés. São mais de 30 anos de carreira e pouco mais há a dizer. São os preferidos do público e fazem-no por ser. Num espectáculo bem montado, passaram pelos clássicos que toda a gente conhece, de meninos a graúdos, espalhando boa disposição e, claro, rock & roll à portuguesa!

(Fotos: LMR)

O terceiro e último dia do Festival é preenchido pelos Fonzie, David Fonseca e os James, o único acto não português. Hoje não irei, no entanto, já tive oportunidade de vê-los noutra altura. Julgo que serão do agrado do público madeirense. Bons concertos!

Enviar um comentário