quarta-feira, agosto 25, 2010

Sobreviver debaixo de terra com ajuda espacial!

 
(Foto: Agência Lusa)


Há uma situação dramática e caricada a suceder no Chile. Trinta e três mineiros estão presos desde o dia 5 de Agosto, numa mina de ouro e cobre no norte do Chile, quando o principal acesso ao túnel ruiu. Eles estão a 700 metros de profundidade, num abrigo de 50 metros quadrados, que contém dois bancos de madeira compridos. Tanques de água, além de água contida em máquinas de perfuração e canais de ventilação ajudaram os homens a sobreviver, mas eles têm pouca comida, sendo que estão sobrevivendo com uma dieta racionada de duas colheres atum enlatado, um gole de leite e meio biscoito a cada 48 horas.


Segundo Andres Sougarret, chefe da operação de resgate, será preciso cerca de quatro meses para a retirada dos trabalhadores, sendo o tempo necessário para se abrir um túnel com largura suficiente para uma retirada segura dos mineiros.


Pelo que, perante esta situação, as autoridades chilenas pediram ajuda à agência espacial americana Nasa na operação de resgate aos 33 mineiros presos, nomeadamente no auxílio à alimentação aos mineiros presos. "A situação é muito semelhante a dos astronautas, que passam meses sem fim em estações espaciais", disse à jornalistas o ministro da Saúde do Chile, Jaime Manalich.


Até o momento, as equipes que trabalham no local conseguiram estabelecer duas linhas de comunicação com os mineiros, uma para a passagem de alimentos, outra para a linha telefônica. As equipes de resgate trabalhando no local afirmaram que eles estão "bem de saúde", mas ainda não sabem que as operações para tentar retirá-los podem levar até quatro meses. Entretanto, o objectivo é sobreviver...

Enviar um comentário