terça-feira, junho 29, 2010

Capitão de «Invictus» por Portugal

 
(Foto: A Bola)


O râguebi a inspirar o futebol. O capitão da selecção de râguebi da África do Sul no Mundial de 1995, François Pienaar, esteve esta noite com a selecção portuguesa numa operação de inspiração para a partida dos oitavos-de-final do Mundial com a Espanha.


O momento em que Pienaar recebeu das mãos de Nelson Mandela a taça de campeão mundial de râguebi, prova organizada pela África do Sul em 1995, ganhou reconhecimento mundial sublinhado pelo filme Invictus, de Clint Eastwood, com Morgan Freeman e Matt Damon. Aliás, o filme acompanha a participação sul-africana como símbolo de união de um país que saía lentamente do regime de Apartheid.


A presença de François Pienaar junto da selecção na Cidade do Cabo tem por objectivo inspirar os jogadores portugueses para o jogo desta terça-feira. «Achei que era interessante, na véspera de um jogo importante convidá-lo para partilhar com a equipa a inspiração que teve. É uma história linda», comentou Carlos Queiroz.


Pienaar contou aos jornalistas como procurou motivar os jogadores: «Foi um privilégio conhecer estes jogadores na véspera de um jogo tão importante. Mostraram excertos de Invictus e comentámos alguns momentos. Tentei transmitir-lhes três mensagens. Primeiro, que tentassem imaginar como Portugal se está a sentir neste momento e que se imaginassem campeões do Mundo; que entrassem em campo com energia positiva, sentissem a relva; e que, no final, não se arrependessem de nada.


Muito bem...

Enviar um comentário