segunda-feira, setembro 24, 2007

Judas?


Um jornal inglês, creio eu o "Daily Express" (embora não tenha a certeza), na sábado trouxe uma reportagem sobre a saída de José Mourinho do Chelsea, reportagem essa que culpabilizava directamente o central e capitão John Terry, um dos homens de maior confiança do treinador português.

Isto tem feito correr rios de tinta em Inglaterra (e não só), ao ponto de Terry já ter recorrido a três advogados para desmentir e processar o jornal responsável.

Seja como for, com Judas ou sem, a verdade é que Mourinho saiu do clube, e foi substituido por um israelita sem qualificações, sem experiência na Premier League, ou sequer num grande clube. Resultado? 2-0 para o Manchester United em má forma.

E a procissão ainda vai no adro...

Enviar um comentário