quinta-feira, maio 04, 2006

Motor a "Fula"

Automóvel movido a óleo vegetal chega hoje a Lisboa

Um veículo movido exclusivamente a óleo vegetal (óleo de fritar usado) chega hoje a Lisboa depois de ter atravessado o Reino Unido, França e Espanha. Em comunicado, a associação ambientalista Quercus defende a utilização directa de óleos vegetais em motores a diesel, "dado o seu melhor desempenho ambiental em termos de emissões de gases com efeito de estufa e devido ao seu menor preço".

A viagem do veículo que chega hoje a Portugal, e que partiu da Escócia, insere-se num projecto que pretende demonstrar a possibilidade de utilizar óleos vegetais para substituir o gasóleo em motores a diesel, "sendo apenas necessário proceder a algumas alterações nos veículos".

O condutor do veículo, Antony Barretty, vai recolhendo ao longo da viagem óleo em restaurantes e procede à sua filtração para o utilizar como combustível.

"Este processo já é conhecido desde o tempo em que Rudolf Diesel inventou o motor do mesmo nome". Mas, "devido ao baixo custo do petróleo, a utilização de óleos vegetais como combustível para automóveis nunca foi muito desenvolvida". O aumento do preço do petróleo e as alterações climáticas poderão contribuir para que o combustível "ganhe novo fôlego", considera a Quercus.

A minha única dúvida é o custo do óleo. Uma coisa é existir um automóvel, cujo condutor vai recolhendo garrafas de óleo vegetal usadas pelo caminho, logo a custo zero, outra coisa são milhões de carros movidos a óleo vegetal. Para além de que, qual é o consumo do automóvel por garrafa? E o cheiro? Não digo que seja uma ideia impraticável, mas creio que a opção pelo óleo vegetal não será muito feliz.
Enviar um comentário