quinta-feira, maio 18, 2006

Beslan espera justiça

(Foto: Sergei Grits/AP)

Beslan, na república russa da Ossétia do Norte, jamais esquecerá Setembro de 2004. As fotografias de algumas das 331 pessoas que morreram no ataque lançado por um grupo separatista tchetcheno numa escola local continuam a preencher as paredes do edifício. Familiares e amigos das vítimas aguardam agora a decisão da justiça para o único sobrevivente do grupo, considerado culpado dos crimes de homicídio e acto terrorista.

Enviar um comentário