quarta-feira, março 01, 2006

Munique... por Spielberg

Munique
Título original: Munich
De: Steven Spielberg
Com: Eric Bana, Daniel Craig, Mathieu Kassovitz
Género: Dra, Thr
Classificacao: M/16
EUA, 2005, Cores, 164 min.

Em Setembro de 1972, um ataque terrorista sem precedentes desenrola-se perante 900 milhões de telespectadores por todo o globo. Decorria a segunda semana dos Jogos Olímpicos de Verão, em Munique, na Alemanha Ocidental - os jogos que haviam sido apelidados "Jogos da Paz e da Alegria" - quando, sem aviso, um grupo extremista palestiniano, "Setembro Negro", invadiu a Aldeia Olímpica, matando dois membros da equipa israelita e capturando nove elementos como reféns. A tensa espera e o trágico massacre que se seguiu foram transmitidos pela televisão perante uma audiência internacional. Em "Munique", Steven Spielberg fala não só dos trágicos acontecimentos de 72, mas também da retaliação israelita que se seguiu, designada como "Operação Ira de Deus". Avner é um jovem patriota israelita, oficial dos serviços secretos, que é contactado por um oficial da Mossad. Avner é convidado a abandonar a mulher grávida, abdicar da sua identidade e embarcar como infiltrado numa missão que visa perseguir e matar os 11 homens acusados pela secreta israelita de terem arquitectado o ataque em Munique.

Comentário: Steven Spielberg oferece-nos uma visão interiorizada do conflito israelo-árabe, no pós-atentado de Munique em 1972. O conflito que era uma luta por território, que hoje em dia é uma luta entre religiões, onde o bem e o mal dividem-se irmanemente entre ambos os lados. Impressionante é a reconstituição histórica dos locais por onde os (não) operacionais da MOSSAD passaram, desde Paris, Beirute, Viena... com a mão de Spielberg sempre presente. É um filme que irritou tanto os israelitas (que, como sempre, o consideraram anti-semita), bem como os próprios palestianos - o que só pode significar que o realizador norte-americano tocou num ponto altamente sensível.
Nota: 8/10

Enviar um comentário