sexta-feira, outubro 21, 2005

Cavaco Silva: "Estritamente pessoal"


O ex-primeiro-ministro Cavaco Silva anunciou ontem a sua candidatura às eleições presidenciais de 2006, que justificou como um "imperativo de consciência" e para "melhorar o clima de confiança" no país.

"Depois de uma cuidada ponderação, decidi candidatar-me à Presidência d a República. Confesso que não foi uma decisão fácil. Faço-o por um imperativo de consciência", afirmou Cavaco Silva na cerimónia de apresentação da sua candidatura, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

Estou convencido que estamos perante o futuro presidente da República Portuguesa. Depois do falhanço nas eleições presidenciais de há 10 anos atrás, chegou o momento de Cavaco Silva.
Enviar um comentário